Formalização do Modelo de Discriminação de Personalidade para Recursos Humanos-MODISPER- Uma Proposta de Ferramenta Organizacional para Alocação de Pessoal

  • Giovani Glaucio Costa Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Palavras-chave: organizações, recursos humanos, tipos de personalidade, modelo de discriminação, MODISPER-2012.

Resumo

Numa tentativa preliminar de contribuir nas alternativas existentes de identificar a personalidade de pessoas, isto é, de medir o seu perfil, este artigo propõe estabelecer uma função discriminante, o MODISPER-2012, que possibilite classificar um determinado funcionário em um dos perfis de personalidade e assim se disponibilizar uma “ferramenta estatística” para alocar recursos humanos dentro da organização. A modelagem se estrutura da seguinte forma: (1º)Aplicação da técnica da análise multivariada “Two Step Cluster” para criar a variável, na base de dados, que classifica os funcionários nas quatro categorias de  personalidade; (2º )Aplicação da técnica “Análise Discriminante Múltipla”, para criar um modelo que possa classificar um dado colaborador em uma das categorias registradas na variável “Two Step Cluster” da base de dados. Está proposta uma alternativa simples, preliminar, mas oportuna gerencialmente, para formalização de um modelo de discriminação de personalidades para recursos humanos. A nossa expectativa é que o MODISPER-2012 se torne cada vez mais habitual dentro das organizações, dentro de uma evolução natural de performance em novas versões. Sugerimos, como trabalhos futuros, a outros pesquisadores, um maior aperfeiçoamento da ferramenta que possa torná-la cada vez mais “antenada” aos novos desafios das organizações contemporâneas. 

Publicado
17-05-2013
Como Citar
Costa, G. (2013). Formalização do Modelo de Discriminação de Personalidade para Recursos Humanos-MODISPER- Uma Proposta de Ferramenta Organizacional para Alocação de Pessoal. Produção Em Foco, 3(1). Recuperado de https://producaoemfoco.org/producaoemfoco/article/view/102
Seção
Artigos