O Papel das Capacidades Absortivas nas Redes de Troca de Conhecimentos: Uma Abordagem Baseada em Agentes

  • Júlio César Bastos de Figueiredo ESPM - SP

Resumo

Neste artigo será apresentado um modelo computacional, baseado no paradigma da programação baseada em agentes com o uso da plataforma Netlogo voltado para o estudo da transferência de conhecimento em redes de empresas. A base conceitual para descrição do mecanismo e da dinâmica de troca de conhecimentos é a teoria das capacidades absortivas. Percebe-se que, dependendo dos valores dos parâmetros do modelo, que uma rede baseada em trocas de conhecimentos pode se tornar rica, com um grande número de relações de troca, ou convergir para a eliminação da maior parte das empresas, o que leva à formação de uma estrutura do tipo oligopólio, onde apenas poucas empresas detentoras de conhecimento conseguem continuar a agir no mercado.

Publicado
07-03-2018
Como Citar
Bastos de Figueiredo, J. (2018). O Papel das Capacidades Absortivas nas Redes de Troca de Conhecimentos: Uma Abordagem Baseada em Agentes. Produção Em Foco, 7(2). Recuperado de http://producaoemfoco.org/producaoemfoco/article/view/583
Seção
Artigos