REDESENHO DA FORMA DE JULGAMENTO DOS ITENS SUBJETIVOS DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DO MODELO “PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO”

  • Alexandre Souza Girão UFRJ/COPPE
Palavras-chave: Inovação, Classificação, Método, Subjetividade.

Resumo

A inovação, cada vez mais, tem sido considerada como uma forte alternativa para o aumento da competitividade e ganho de mercado das organizações. Essa maior competitividade pode se refletir em maior satisfação dos consumidores, na maximização de lucros, no melhor controle do mercado, melhores posições mercadológicas ou apenas maior nível de sustentabilidade. Existem vários modelos de classificação de inovação. As empresas classificadoras de inovação, premiadoras ou não, adotam modelos específicos ou parte deles. O objetivo principal deste trabalho é propor um modelo alternativo de classificação em inovação, baseado no redesenho do modelo usado pela Finep, no “Prêmio Finep de inovação”. Esse redesenho é fundamentado na criação e uso conjugado de: perguntas paramétricas específicas, termos linguísticos, pesos para os itens e pesos para os especialistas. Para isso, esse estudo usa, como exemplo, apenas um item do “Critério I - Caracterização do Produto, Processo ou Serviço Inovador”, da categoria “Tecnologia Assistiva”. Mas o resultado pode ser estendido para todos os outros itens subjetivos do modelo. Os itens desse critério, assim como outros itens de outros critérios, têm natureza qualitativa e subjetiva, que são voltados para o mercado consumidor. Os indicadores de inovação quantitativos não são considerados, pois tem uma métrica e parametrização tangíveis e bem definidos. A metodologia usa pesquisas descritivas e exploratórias. O resultado encontrado disponibiliza um valor diferente da classificação original, pois considera outros fatores importantes que influenciam a representatividade do grau de inovação na avaliação das empresas.
Publicado
01-08-2016
Como Citar
Girão, A. (2016). REDESENHO DA FORMA DE JULGAMENTO DOS ITENS SUBJETIVOS DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DO MODELO “PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO”. Produção Em Foco, 6(2). Recuperado de http://producaoemfoco.org/producaoemfoco/article/view/345
Seção
Artigos